Esquadrão Suicida: Tudo o que você precisa saber

Por adrieldv

O hype para Esquadrão Suicida está nas alturas, em grande parte graças ao marketing do filme.

Mas se tá com medo de chegar no cinema não sabendo nada com nada, nada temas, o Cultura Inútil preparou uma lista com os personagens do filme. Com informações sobre suas histórias, origens, envolvimento com o Esquadrão, aparições em outras mídias etc.

PISTOLEIRO

Pistoleiro

Originalmente um vilão do Batman, Floyd Lawton é talvez o personagem mais facilmente associado ao esquadrão, tendo sido parte do grupo desde sua reinvenção durante os anos 80. Lawton é conhecido como um dos maiores mercenários no universo DC e apesar de não se encaixar na categoria de super humano, ele possui uma exímia e mortal pontaria, sendo conhecido inclusive por nunca errar os seus alvos (na teoria pelo menos). Fora das HQs, o Pistoleiro já deu as caras na animação da Liga da Justiça no início dos anos 2000,também apareceu em Batman: Os Bravos e Destemidos,  além de alguns filmes animados, porém não foi apenas em animações que o personagem deu as caras pois ele também esteve presente em Smallville e mais recentemente em Arrow, de onde acabou sendo “cortado” devido a sua presença no filme do Esquadrão. Além disso ele também teve certa participação nos jogos da série Arkham, mais precisamente (trocadilho não intencional) em Arkham City e Arkham Origins, onde apareceu como vilão em missões secundárias. Como de costume no universo DC, o Pistoleiro sofreu mudanças ao longo dos anos, mas sua primeira aparição oficial se deu em “Batman #59” de junho de 1950 em uma versão bem diferente da que conhecemos hoje.

ARLEQUINA

Arlequina

A grande “estrela” do momento, a Arlequina se tornou parte do Esquadrão Suicida bem recentemente, durante a fase dos Novos 52. Apesar de ser membro recente, o apelo da personagem para com os fãs sempre foi grande, desde que surgiu na série animada do Batman dos anos 90. Desde a reformulação da DC promovida pelo então reboot da DC comics, os Novos 52, a Arlequina teve um grande crescimento em sua popularidade, com a personagem finalmente se libertando das amarras abusivas que a prendiam ao seu “pudinzinho”, o Coringa, para finalmente tomar rumos próprios como personagem dentro das narrativas da DC. Recentemente ela inclusive possui título próprio. Como já mencionado, sua primeira aparição foi em Batman: A Série Animada, no episódio “Favor para o Coringa”, onde aparecia como a parceira do vilão, porém sua origem só seria revelada mais tarde no episódio”Amor Louco”. Harleen Quinzel fora uma psiquiatra que estava determinada a estudar a fundo as mentes dos conhecidos residentes do Asilo Arkham. Como psiquiatra do Coringa, o vilão acabou por inverter os papeis, fazendo com que Harleen enlouquecesse e se apaixonasse por ele, se tornando Arlequina. A partir daí, foram anos e anos de uma relação abusiva de amor e ódio que só veio a ter certa reviravolta em histórias mais recentes. Após o sucesso, a personagem foi rapidamente introduzida ao universo dos quadrinhos e continuou aparecendo em diversas outras mídias, incluindo outras séries e filmes animados. Nos jogos, teve papel de destaque em Injustice e na série Arkham onde esteve presente em todos os jogos.

RICK FLAGG

Rick Flag

Rick Flagg é o militar responsável por manter o Esquadrão na linha nas missões em campo. Pode-se dizer portanto que o personagem é toma a posição de líder do grupo. Em suas origens, Rick Flag. Jr é filho de Rick Flag. Sr, que fora o líder do Esquadrão Suicida original durante a segunda guerra. O personagem não teve muitas encarnações fora dos quadrinhos, tendo aparecido na animação da Liga da Justiça e em Smallville, além de uma breve participação em um jogo spin-off da série Arkham chamado Batman: Arkham Origins Blackgate.  Apareceu pela primeira vez em “Brave and the Bold Vol 1 #25” de setembro de 1959 que também foi a primeira aparição do Esquadrão Suicida, onde os membros consistiam basicamente em soldados, diferente dos conceitos que se tornaram mais conhecidos onde o Esquadrão é formado por super vilões.

AMANDA WALLER

Amanda Waller

A grande chefona, Amanda Waller é uma mulher de alta posição e influência dentro do governo dos EUA e a cabeça por trás da Força Tarefa X, o nome “oficial” do Esquadrão dentro das burocracias governamentais. Ela é a responsável por puxar as cordinhas do Esquadrão, seja fornecendo missões ou selecionando, e manipulando, os membros. Waller apareceu pela primeira vez na HQ “Legends #1” de novembro de 1986. Nas adaptações, teve papel de destaque, com diversas aparições na animação Liga da Justiça Sem Limites. Em mídia live action, a personagem já apareceu em Smallville, chegou a fazer diversas aparições em Arrow, junto com versões do Esquadrão Suicída da série e até no esquecível filme do Lanterna Verde.

CAPITÃO BOOMERANGUE

Boomerangue

Assim como o Pistoleiro, o Capitão Boomerangue é outro vilão que esteve presente em boa parte da história do Esquadrão. Digger Harkness é lembrado não apenas como um membro constante do Esquadrão Suicída, mas também como parte da galeria de vilões do Flash. Como o nome já diz, a especialidade Harkness são boomerangues o que pode parecer meio besta, e talvez até seja, o uniforme clássico do personagem também não ajudava muito. Enfim, some isso a boomerangues especiais dos mais diversos tipos e uma personalidade bem forte pra lá de traiçoeira e talvez ele possa ser classificado como um vilão bastante interessante e que faz uma grande diferença nas missões do Esquadrão. O Capitão Boomerangue apareceu pela primeira vez em “The Flash #117” de dezembro de 1960. Fora das HQs chegou a aparecer em animações como Liga da Justiça e Liga da Justiça Sem Limites, onde inclusive apareceu como membro do Esquadrão Suicída da série, por fim mais recentemente o personagem deu as caras na terceira temporada de Arrow no episódio crossover com a participação do Flash.

CROCODILO

Croc

Originalmente Waylon Jones possuía uma doença de pele rara que lhe garantia sua aparência grotesca, e se valia de força bruta e dentes afiados (por ele mesmo) para fazer jus ao nome de Crocodilo e para trocar umas porradas com o Batman. Com o tempo e com a passagem de diferentes roteiristas o personagem foi ficando cada vez mais animalesco e selvagem, sofrendo mutações que inclusive lhe deixaram ainda mais forte e parecido com um réptil humanóide. Além de sua aparência, uma das características mais fortes do vilão é sua brutalidade, perfeitamente exemplificada pelo o fato de que ele é um adepto da pratica do canibalismo. O Crocodilo fez sua primeira aparição nos quadrinhos em “Batman vol 1 #357” de março de 1983, e de lá pra cá teve diversas aparições fora das páginas das HQs. Em animações como Batman: A Série Animada e O Batman, além é claro de ter aparecido em 4 dos jogos principais da série Arkham, mas só agora finalmente fará sua estréia em live-action. Uma curiosidade, nos quadrinhos o Crocodilo nunca fez parte do Esquadrão Suicida.

EL DIABLO

El Diablo

Chato Santana, ou El Diablo trata-se de um personagem bastante novo para o universo dos quadrinhos, tendo feito sua primeira aparição dentro dos Novos 52 já na revista da equipe em “Suicide Squad vol 4 #1” de novembro de 2011. O El Diablo trata-se de um super humano com a habilidade de pirocinese, ou seja, ele é capaz de gerar e controlar fogo. Após acidentalmente atear fogo em um prédio com pessoas inocentes, Chato se entregou as autoridades e na prisão de Belle Reve acabou recrutado para o Esquadrão Suicída. Por se tratar de um personagem tão recente, sua participação no filme será sua primeira aparição fora dos quadrinhos.

MAGIA

Magia

June Moone é uma garota “amaldiçoada” a dividir o corpo com o espírito de uma bruxa antiga, e é daí que vem seus poderes, ao proferir a palavra “Enchantress” (desculpe, realmente não sei como eles traduzem por aqui) ela se transforma na poderosa e perturbada magia. A personagem está em uma luta constante para se manter no controle de seu corpo, esse caso de personalidade dupla inclusive é o motivo pelo o qual a personagem oscila entre ser uma heroína ou uma vilã. Nos quadrinhos fez parte do Esquadrão com a promessa de receber ajuda para o seu caso de “possessão”. Magia fez sua primeira aparição em “Strange Adventures #187” de abril de 1966. O filme marca a primeira aparição, de fato, da personagem fora dos quadrinhos.

KATANA

Katana

Tatsu Yamashiro apareceu pela primeira vez em “Brave and the Bold #200” de julho de 1983 e desde seu surgimento teve certa ligação com o Batman, tendo sido parte do grupo formado pelo mesmo, os Renegados. Tatsu é uma guerreira japonesa e sua katana não é uma espada comum, ela tem a capacidade mística de armazenar as almas daqueles mortos por ela. Detalhe que inclusive ficou evidente nos trailers do filme, onde a personagem chegou a ser descrita como uma “guarda costas” do Rick Flag no meio da equipe. Katana é uma adesão bastante interessante à equipe do filme pois curiosamente ela não só não é uma vilã, como também nunca foi membro do Esquadrão Suicida nos quadrinhos. Fora deles, a personagem já fez algumas poucas aparições, como na série animada Batman: Os Bravos e Destemidos e mais recentemente teve certo destaque na terceira temporada de Arrow.

AMARRA

Amarra

Não há muito o que falar desse vilão “classe D” além do fato de que ele provavelmente está no filme para morrer. Mas vamos lá, o personagem apareceu pela primeira vez em “Firestorm vol 2 #28” de outubro de 1984, onde surgiu como um vilão para o herói do título, o Nuclear. O personagem, cujo nome real é Christopher Weiss, apareceu na história como um assassino de aluguel enviado para confrontar o herói Nuclear. Suas habilidades “especiais” se resumem ao fato de que ele é bom com cordas, usando elas pra amarrar, enforcar, se balançar por aí e sabe-se lá o que mais. Vale citar que também que o vilão desenvolveu um tipo de super cola com a qual revestia suas cordas, fazendo delas extremamente resistentes, não que isso torne o personagem muito mais perigoso para os heróis ou muito mais interessante para os leitores. Uma curiosidade, nos quadrinhos, em sua primeira missão ao lado do Esquadrão, o Amarra teve seu braço explodido pelo seu bracelete de monitoramento ao ser enganado pelo Capitão Boomerangue, ou seja, não seria surpresa ver algo parecido no filme.

JOHNNY FROST

maxresdefault

Um personagem bastante pequeno e também recente. Este “capanga do Coringa” fez sua primeira e única aparição na graphic novel “Coringa” de 2008 escrita por Brian Azzarello e com arte de Lee Bermejo. Na HQ, sem qualquer ligação com o universo regular da DC, Frost era um criminoso comum e ambicioso de Gotham que tenta subir na vida do crime ao se aproximar do Coringa, como seu “braço direito”, mas com o tempo as coisas não saem exatamente como o esperado. A história é contada do ponto de vista de Frost, que de certo modo relata o dia a dia de insanidades do Coringa.

CORINGA

Coringa

Esse particularmente dispensa apresentações, mas vamos lá, é preciso manter o padrão aqui. O grande vilão do Batman, e um dos maiores vilões da cultura pop, faz seu retorno ao cinema após 8 anos (sim já faz tudo isso) numa interpretação controversa mas não menos insana do que as anteriores. Nos quadrinhos, sob o disfarce de Capuz Vermelho o homem que se tornaria o Coringa cai em um tanque de produtos químicos ao tentar fugir do Batman, e esse é o único fato oficial da origem do Coringa, o fato que liga todas a versões que o palhaço já contou, é o envolvimento do Batman, quem o vilão era antes disso é uma incógnita. As versões já foram muitas,  tais como comediante falido e gangster. O Coringa fez sua primeira aparição em “Batman #1” de junho de 1940 e recentemente completou seus 75 anos. O Coringa acompanhou o morcego ao longo de grande parte de suas adaptações para fora dos quadrinhos. Incluindo claro os filmes, séries, e claro os games, e são tantas as aparições de destaque que é difícil de começar a citar todas. Nos quadrinhos o vilão nunca teve qualquer ligação com Esquadrão, e só cruzou o caminho da equipe em histórias recentes justamente por causa da Arlequina, que também é o principal motivo para a presença dele no filme, afinal, não há como contar a história dela sem a presença do Coringa. Uma curiosidade qualquer e rápida que os mais leigos talvez desconheçam é que uma das inspirações para a criação do Coringa foi o filme mudo “O Homem que Ri” de 1928.

 

E aí, está ansioso para Esquadrão Suicida? O filme estreia nesta quinta-feira, 04/08. Fique pelo Cultura para mais novidades do longa e o universo DC.